Lado de baixO


01-03-2011


Porte de arma 4 rodas.

http://www.youtube.com/watch?v=72QWgPCvCo8

 

eu fico de cara com a imbecilidade humana.

Mais do que a do motorista que fez essa merda, a de ciclistas em vários emails que li que faltam apoiar o cara e dizer que ele tava certo sem nunca ter ido numa bicicletada.

 

Já fui e sei que o procedimento padrão é: pedal lento, como se fosse passeio (mas não é um passeio, é uma manifestação, e isso faz toda a diferença). LENTO NÃO É PARADO! Quando a massa passa por cruzamentos, balões ou ruas perpendiculares, retornos ou qualquer entrada de carro naquela pista, alguém vai pra aquela entrada, desce da bike e fica parado na frente fazendo sinal pros carros esperarem até que a massa crítica passe - isso é um procedimento de segurança para que o grupo não se divida. Obviamente o cara sai de lá depois que a massa passou e tudo volta ao normal - com alguns motoristas seguindo atrás do trânsito lento de bicicletas obviamente.

 

O idiota só passou por cima porque viu que eram bicicletas, não carros. Egoísmo e poder pra pessoa errada.

 

Uma das coisas que mais me entristece mesmo é ver o pensamento das pessoas comentando algo do tipo "sabe que é mais fraco, devia ter ficado em casa" esperando que a evolução social aconteça num passe de mágica, desconhecendo a história de toda ação direta em qualquer lugar do mundo e do tempo e pior de tudo, achando que o povo brasileiro é pacífico e cordial por natureza. O motorista não sabia disso.

 

"quem tava lá nem usa a bicicleta como meio de transporte", como se fosse um passeio. Manifestação não é passeio.

 

"Ninguém usa capacete"... essa é boa, pra quem não sabe o capacete nem é obrigatório no CTB, além de ser fora da realidade de quem anda de bike como transporte.

 

Em todas as bicicletadas que eu fui a maioria das pessoas que conheci usa bicicleta ou transporte público no dia a dia, apesar deste ser uma porcaria.

 

Como é que IPI reduzido e 60 dias pra pagar a primeira prestação do seu carro podem causar a evolução de uma sociedade previamente consumista e egoísta? Alguém aí achou alguma bicicleta com IPI reduzido pra vender?

 

O filadaputa passa horas todo dia num engarrafamento, na hora que ele vê humanos e não metais andando lentamente ele resolve andar letalmente, porque achou que "estavam obstruindo seu direito de ir e vir"? Ha!

 

Faltam algumas coisas pra isso não acontecer mais. Campanha educativa na televisão é óbvio, mas ninguém faz, apesar de ter pelo menos 3 propagandas de carro a cada intervalo comercial. Pode contar.

 

Rigor pra tirar carteira de habilitação, no mínimo o mesmo rigor que existe pra tirar porte de arma. Mas a hipocrisia é tanta que nessas horas as pessoas vão esquecer o discurso de que "vida humana é mais importante" e vão começar a falar do mesmo tal de "direito de ir e vir". Mas desses nenhum vai sequer pensar em gritar por transporte público de qualidade ou acessibilidade.

 

O mundo é o seu umbigo. Não olhe para os lados nem converse com as pessoas, só ligue a televisão quando chegar em casa - ela é a dona da verdade não é mesmo?

 

David

 

Escrito por olhasooqueeufiz às 00:35:21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

28-12-2010


Um Sonho, Uma Realidade.

Não vivo de sonho, eu vivo a realidade.Sonho é viver o enfadonho,
numa poltrona, controle volante na mão
a vida a passar, a terra a girar, enquanto eu parado com vidros fechados
ser só outro escravo, meu carro, minha televisão
fazendo piada, fazendo progresso, pose copiada de alguém de sucesso
permito o grito que vem do estresse, permito que ele me apresse
a correr pra sentar no mesmo lugar. Me achar no direito de gritar e ocupar
o espaço de mãe e filhos passear, do idoso andar,
uma rampa de acesso ou faixa é perfeita pra estacionar...
PORRA! EU pago TV a cabo e IPVA, será que dá pra sair da frente?
Tanto carro pra tanta gente... no meu sonho um governo decente
asfalta o verde pra eu poder passar.
Era assim na televisão, era dia de promoção, três propagandas por intervalo

e a notícia repetida no jornal - congestionamento ou congestão?

60 dias pra pagar a primeira prestação, não preciso ter dinheiro
pra me sentir brasileiro, rico ou pobre do bolso furado
andar só de carro importado, parado no sonho realizado,
tempo, espaço, não importa... é... trancou direito a porta?
contato, ar puro, árvore torta, tudo isso é secundário
meu sonho possui subwoofer, ar condicionado, LCD, 42 polegadas,
liga leve, mp3, air bag duplo e 5 anos do meu salário.
A vida, se tenho razão, já passa na televisão, não quero ouvir de você,
que não é famoso nem supergostoso dentro de uma casa, fazendo pirraça
achando culpados pra não ser eliminado, pedindo votos na TV
Não fale mais do passado, já sou por demais preocupado
também não mencione o presente, ele é realidade
Sonho é futuro, é algo intocável sob o qual não temos a menor responsabilidade
Sonhar ser feliz, poltrona, controle volante na mão
acomodo-me e sinto o cinto cada vez mais apertado
pança e ego crescem com o orgulho de ser bem sucedido e mal encarado
Real é a bicicleta, transporte, lazer ou atleta, qualquer transporte ativo
ou coisa que faça sentir vivo, provando o gosto, o cheiro, o toque, vi e vendo a cidade.
Contato é a palavra, e rapidamente se lavra no coração o peso da felicidade
mas diz a lei da inércia, parado é mais fácil parar, difícil só é começar a provar da realidade.
Enquanto escravo por trás de algum vidro, "olhe mas não toque!"Eu duvido alguém ser feliz assim!
No vídeo, no carro, o sonho parado, mantém o seu servo anestesiado, gastando reais sem ver o real -
vento, aventura, dor, suor, pedal, adrenalina, gente, beleza pro corpo e pra mente, eu tô muito afim!
O primeiro passo eu já dei, humilde, disposto, sem pose pra foto, não quero acabar como o controle,
volante, remoto, ali, alheio ao mundo e a mim.
SIM! Eu sei quem eu sou, e que o sonho não acabou, mas eu quero o mundo de fato, eu quero o contato...

Não mamãe, não precisa performance atlética, a realidade é poética, só quero que a minha bicicleta seja tão livre e segura em seu movimento
quanto é o meu pensamento, mas tudo segue como antes, sob controle remoto volante.
Pra fechar a rima, querendo libertar o Brasil da sina de comprar caro o lixo gringo achando que foi pechincha
lembro da amiga Dina, que gosta de um Racional a falar, e faço um apelo, pra acabar com o pesadelo:
Vamo acordar! Vamo acordar!

Escrito por olhasooqueeufiz às 12:30:55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

09-09-2010


Cena Contemporânea: os Donos da Rua

Nesse fim de semana houve o encerramento da Cena Contemporânea 2010 aqui em Brasília, na Praça do Museu Nacional, também conhecida como "Praça das Bicicletas" por grande parte dos cicloativistas de Brasólia ou "Cimentão" por todos moradores daqui que não são o Niemeyer, que aliás nunca morou ou teve a preocupação de perguntar pra algum morador daqui qualquer coisa antes de fazer mais uma de suas cagadas com seu brinquedinhozão que é a capital federal. Pois bem...

Para encerrar as duas semanas seguidas de shows que aconteciam no local seguidos de festa até as 4 da matina, tudo gratuito, veio o tal do Goran Bregovic com sua orquestra de casamentos e funerais. Ótima pedida, impecável, demais, ou como diria Galvão Bueno nos momentos de silêncio imprescindível, "estou sem palavras". Digita o nome desse cabra no youtube q vale a pena (do Bregovic, não do Galvão, pelamordedeus...)

Mas a maior surpresa mesmo ficou pro final, quando os seguranças vieram pedindo educadamente pras pessoas se retirarem do local... mas peraí... a gente não tava na rua?

Eu estranhei aquilo mas não processei direito o problema no cérebro, talvez pela graduação etílica do mesmo naquele momento, talvez pela minha natureza candanga de ser complacente com as coisas ridículas que acontecem por aqui e todo mundo acha normal sem questionar... afinal o adestramento é para todos.

Me liguei mesmo do que tava rolando quando vi outro folião indagando a um dos seguranças o motivo de ele ter que sair dali, já que a rua é pública. Faz sentido isso? Bom... tentando responder suas perguntas o Homem de Preto impacientava-se, mas conversava. E nesta conversa falou que aquele espaço havia sido locado. Ei... quem alugou a rua? E aliás... QUEM É O DONO DA RUA?????

Realmente havia uma cerca em volta do local, de mais ou menos 1 metro de altura, daquelas que as pessoas colocam e tiram de onde quiserem quando quiserem, o que me levou a concluir que eu preciso comprar uma pra mim também, porque eu tô precisando de um terreno gratuito do povo pra mim. Depois eu alugo ou vendo também, quanto deve valer o metro quadrado em plena Esplanada dos Ministérios? Mistérios?....

Bom, perguntas surgiam num ritmo rápido, e mais rápido do que respondê-las foi o outro Homem de Preto que deu uma gravata no rapaz e saiu arrastando ele pelo chão, porque PROIBIR SEMPRE FOI MAIS FÁCIL, ainda mais nessa roça aqui.

Com os joelhos arranhados o rapaz não reagiu, soltou o peso do próprio corpo no chão e lá ficou. Isso é tática de resistência pacífica, como já postei aqui antes. Outras pessoas sentaram-se  com ele em solidariedade. Não sei se alguém filmou, mas sei de quem fez registro sonoro, se é q isso resolve algo né...

"Tudo bem" eu pensei, "argumentar com segurança sempre foi difícil mesmo, o cara foi treinado pra bater, não pra pensar, isso dói..."

é né... aí vem os organizadores do evento, com suas caras e discursos de pessoas esclarecidas, repetindo a mesma conversa ridícula do primeiro segurança... rapaz... isso impressionou. Ninguém me convenceu de que nós tínhamos que sair de lá, e ninguém parecia convencido àquela altura. Mas a polícia que foi chamada pelos próprios organizadores usou argumentos mais convincentes, do tipo "olha, esse é o último aviso que eu vou te dar, se não for por bem vai por mal..." hahahahahahaahahahahhaaaaaa....

Na Chácara Brasólia os capangas da verdade inventada souberam atropelar toda a civilização da pseudo-modernidade, mas não tiveram a menor curiosidade de perguntar quem arrastou o rapaz pelo pescoço, ralando os joelhos no chão, assim como dois outros que foram tentar separar neste momento e também foram "engravatados", culminando em desmaio.

Bom, de polícia e segurança eu esperava qualquer coisa, porque o cachorro segue a ordem do dono. Brilhante foi a atuação dos donos da bola, dos cães e da rua, mais arteiros do que artistas, acho que quiseram provar um pouco do gostinho da proibição do lado de quem a aplica. "Se quer conhecer realmente uma pessoa, dê poder a ela"... quem disse isso mesmo?

Proibiram a perfeição da noite, proibiram o direito de ir e vir, proibiram que o sorriso fosse muito extenso. Tristeza não tem fim, felicidade sim. Nada de novo nesta Cena, apesar de Contemporânea, infelizmente...

Valeu Bregovic!!! Foi bom enquanto durou, mas você não se assusta né, guerra declarada deve ser mais feio mesmo, eu sei que vc já passou por algo assim.

Valeu rapaziada engravatada! São vocês que fazem a gente lembrar que a casca limpa e brilhante esconde a podridão da fruta.

Alô polícia, alô homens de preto, cuidado com os arteiros, pior que arqueiros eles podem te derrubar com carinhas de gente boa e discursos macios. A próxima vítima pode ser você.

Escrito por olhasooqueeufiz às 00:11:43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

29-01-2010


Resistência Pacífica

Grupo de trabalho que rolou na Ocupação da Reitoria da UnB quando caiu o Titi (Timóteo, Timothy, Féla, sei lá, chame como quiser...)

Escrito por olhasooqueeufiz às 20:56:37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Brasília Milionária

Essa foi uma brincadeira que eu fiz quando Brasília atingiu a marca de 1 milhão de carros (só dos registrados no DF, ou seja, tinha mais que isso na época) e o governo fez um evento que mais parecia comemorativo do que qualquer outra coisa, num lugar chamado Centro de Convenções Ulisses Guimarães, que até hoje não tem bicicletário.

Se eu soubesse como seria talvez nem tivesse ido nessa merda, se é pra ficar só discutindo por favor me chame pra um buteco que pelo menos desce a gelada pra molhar o bico, e como diz o mote da Bicicletada " De bicicleta não tem bafômetro!!!"

Não quero dar uma de poeta cult revolucionário ou qualquer carai desses não, mas escrevo pensando em falar em público, só pra tornar o discurso menos enfadonho. Ninguém precisa rimar pra te convencer a comprar um carro, mas tem que fazer malabarismo pras pessoas enxergarem a cova que tão cavando com essa besteira de "sonho do carro zero..." faça-me o favor né... então ficou assim ó:

Brasĩlia Milionária

Um brinde ao carro milhão
à esperteza  e coragem da população
ao espaço que tem a bicicleta
na mente de quem a enxerga como brinquedo de atleta
uma salva de palmas

acendamos uma vela, vamos comemorar
cada estrada, rua, prédio - qualquer lugar
de asfalto ou concreto, construído e contemplado
por alguém que acha esperto
algo bonito, gigante, que esquenta e não respira
monumentos à preguiça, pontes da ira
duplicação de um ciclo que delira enquanto enterra
uma selva de almas

Aplausos!

Brasília milionária, tirada de otária
de 4 - por 4 rodas
criança deslumbrada com o velho brinquedo novo
Quer espaço pra andar - pára.
Sonho que pára quem quer andar - o povo.
Sem fluência, sem conversa, sem vivência
sem graça, trancado denovo.

Espero dos reis do petróleo, espero sentado
não mais de braços cruzados
Espero pedalando, misturado com os carros
exigindo meu espaço por direito
respirando fumaça e batendo no peito
mostrando não ser menos digno
por ser menor, por ser menos que um cavalo de motor

Parabéns Brasília química, abarrotada e envenenante
falando quase de bicicletas, fingindo lembrar do cadeirante
pra entrar na moda bota o humano em caixões e cadeiras de roda
tirando sorrisos de vários semblantes

Parabéns ó milionária do reino do CO2
por subir no palanque, falar bonito e deixar a vida pra depois
Estagiária de metrópole, contratada de empresários grandes

Parabéns Brasília, cada vez mais fria
tornou estacionamento onde a criança brincaria
mais prédio de apertamentos surgem da noite pro dia
gente com dinheiro e vergonha do STATUS de satélite
reclama do déficit de moradia
Gente empilhada, carros aumentam / apagando o céu construtores inventam
mil desculpas e explicações / concessionárias com promoções
enchem os bolsos de outros milhões
Mas você também é o problema - reconheça!
não enxerga onde o sonho vai lhe prejudicar
seja ele um pedaço do Noroeste, uma margem do Paranoá
o futuro lhe pregará uma peça

Diminuirá a sinceridade à sua volta
a sua liberdade é num espaço cada vez menor
O asfalto que você deseja liso e largo
trará filas de desgosto, um RUSH pior
seu problema é o vidro entre você e o vento
os pedais que te movem sem movimento
a velocidade e a barriga, quase sempre crescendo
a preguiça e a idade mental, que te pregam no acento

se eu fosse um gringo de uma cidade entupida
onde o progresso tomou o espaço da vida
venderia meus carros aqui
discursaria em tom autoritário sobre a era de aquário
cada um só no seu, mergulhado em gasolina,
àlcool ou diesel, enquanto for possível - alimentar a ilusão
cada peixe a enxergar torto, sem saber já quase morto
pela falta de visão.
Lá fora passa alguém desafogado
sorrindo ao vento, despreocupado

Perceba: progresso não é ter mais nem só ir pra frente
é enxergar alternativas ao seu lado ou embaixo do nariz
o futuro é o fruto plantado no presente
você é a semente, o elo da corrente do ser feliz
sem pressa de andar há tempo para plantar
na terra o pensamento ultra-passado
torna o futuro fruto estragado

e o peixe se pergunta
não era ele o lento? ou estou errado?
por que ele sorri enquanto estou parado?
ora, sem movimento ninguém é atropelado!!!

Escrito por olhasooqueeufiz às 20:53:51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

10-08-2009


Sobre ABNT

Sobre ABNT

Viva a Academia, fundo do poço da sabedoria
Ruminando a própria filosofia
discute e deixa a ação pra depois.
Tão burra quanto exibida
vai de carro todo dia
cava a cova com demagogia
Refletindo com água e café em descartável
sobre energia renovável
cobrindo com vinho e caviar
belas palavras em seu falar
onde um possível mundo provável
onde eco-habitante é consciente e co-responsável
e blá e tal e tal e blá
não pensa o mero feijão com arroz
imprime só frente pra dar mais volume
exige espaço 1,5 ou 2
uni-verso vazio
deixa o romancista frio
torna linha reta a tortura do poeta
traduz em cartesiano
inexplicável mente do humano
Porque a associação é brasileira, e a norma é técnica
a forma vale tanto ou mais que o conteúdo
independe de necessidade prática, moral ou ética
mais uma expressão... errada ou errônea?
por essa, menos uma árvore na Amazônia
Não importa, imprime calado 3 vias desse jeito
depois da banca, correção e seu título
apaga este capítulo, nem deveria ter feito
reimprime e devolve, Mata Atlântica também chora
Cerrado dá lembranças, antes de irem embora
a fauna que se rasga junto às folhas de flora
Parabéns Doutor-Mestre perfeito
Acomodado em silêncio és até bom sujeito.

Escrito por olhasooqueeufiz às 20:13:14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07-01-2008


Reportagem sobre o projeto BICICLETA LIVRE no jornal "Cidade Viva" no Sbt...

Escrito por olhasooqueeufiz às 15:59:40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07-10-2007


SOS imprensa

http://www.unb.br/fac/sos/site/index.php

não gostou do que viu, leu ou ouviu? Entre aí e descubra o que você pode fazer a respeito.

Escrito por olhasooqueeufiz às 14:15:38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17-06-2007


Esse é o SUPER
só isso o nome, curto e grosso, vai direto ao assunto. É um SUPER conversor de arquivos de mídia (áudio e vídeo), livre e bem leve, não precisa instalar nenhum codec adicional, ele já vem com tudo o que é necessário pra funcionar bem. Converte até pra formato de celular.

Ó o link aí ó:
Site da Eright Soft


Totalmente SUPER! ;-)

Escrito por olhasooqueeufiz às 13:57:41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12-12-2006


Olha a Pamonha!!!

A medicina está mais uma vez descobrindo o que todo mundo já sabia... estas são duas matérias sobre a maconha publicadas em meses diferentes na Revista Viver Mente e Cérebro que, ao contrário de outras Épocas, e... digamos assim... revistas Super Interessantes, é uma revista de psicologia que trata o assunto com um pouco mais de seriedade, imparcialidade e rigor científico.

Erva Curativa (Edição 158, março de 2006)


Barato Natural (Edição 165, outubro de 2006)


Várias (se não todas) as matérias publicadas na revista impressa estão disponíveis online, vale a pena dar uma olhada ó:



E olha que não é jabá, que a gente recebe aqui não, é conteúdo de graça mesmo, por isso tá aqui!

Escrito por olhasooqueeufiz às 22:36:22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ClamWin Antivirus


Esse é um antivirus gratuito e open source.
Tô usando aqui e ele é bom mesmo, as atualizações automáticas funcionam, é leve e tudo mais. Quer saber mais entra no site né engraçadinho... :-)

Site do ClamWin Antivirus

Clica aí em cima ou clica aqui em baixo pra já cair na página de download ó:
http://prdownloads.sourceforge.net/clamwin/clamwin-0.88.7-setup.exe?download

E não tem spyware nem adware, olha que beleza...

Tchau!

Escrito por olhasooqueeufiz às 12:02:24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17-10-2006


Colocamos no YouTube a animação, vamo vê agora se o link presta...
clica aí ó:

Escrito por olhasooqueeufiz às 21:30:01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

15-10-2006


Fizemos uma animação pro festival do minuto, mas demoramos bem mais que 1 minuto pra mandá-la pra lá, então não pode concorrer. Bom, vamos colocar no Youtube - certamente com um link aqui.

Por enquanto está no Rapidshare. Espero que gostem e comentem... valeu!
Olha o link pra baixar aí: Peixe Eletrônico

Escrito por olhasooqueeufiz às 20:53:17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

14-09-2006


Essa é do Chaplin...
Chapolin não! Chaplin. Você sabe que eu só escrevo o que vale a pena ser lido né? Sabe siiiiimmmmm.... então leia isso:

"Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas que nunca pensei que iriam me decepcionar, mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado.

Fui amado e não amei, já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes, já chorei ouvindo música e vendo fotos.

Já liguei só pra escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)!!!

Mas vivi! E ainda Vivo! Não passo pela vida... e você também não deveria passar. Viva! "Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante."

Escrito por olhasooqueeufiz às 17:42:57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

13-09-2006


Recebi este texto por email.
Pra quem respeita o planeta vale a pena.
Pra quem não respeita tome vergonha na cara porque você não mora sozinho nessa casa redonda não ô palhaço!!!
Faça valer a pena!
A parada é mais ou menos a seguinte...:

"Soluções inteligentes para o dia a dia, gastando menos dinheiro e prejudicando menos o nosso corpo e o Planeta, que é a nossa casa!!!
Espero que aproveitem!!!

Quando pensar em limpar a casa, pense também na saúde do seu corpo e
do
planeta, escolhendo produtos simples e naturais, que não aumentem
ainda mais
a poluição existente. Através de materiais mais simples e naturais,
podemos
limpar não somente nossa casa, mas também ajudar a limpar o planeta.


Soluções Alternativas:


* Limpar Tudo: Solução de 4 colheres de sopa de bicarbonato de sódio
em um
litro de água morna. Adicione uma colher de sopa de vinagre branco,
ou suco
de limão, para dissolver a gordura.

* Desentupir pia: Jogue no ralo um punhado de bicarbonato de sódio,
algumas
colheres de vinagre branco e água fervente.

* Limpar vidro: Passe uma solução com água e vinagre, e depois use
jornal
para dar brilho.

* Desodorizante de ambiente: 4 colheres de sopa de vinagre num
pratinho
colocado sob um móvel. As plantas também funcionam como ótimos
purificadores
do ar.

* Para encerar: Misturar uma parte de óleo vegetal, como a linhaça,
com
outra parte de suco de limão ou vinagre, e aplique com uma flanela.

* Para lustrar móveis: Fazer uma solução de uma parte de suco de
limão e
duas partes de óleo vegetal. Dê brilho com uma flanela.

* Desinfetante sanitário: Misturar bicarbonato de sódio com vinagre.

* Adubo natural: Um verdadeiro adubo para as plantas pode ser obtido
com
substâncias normalmente desprezadas e desperdiçadas. A água que
cozinha as
batatas (sem sal e fria), a água da lavagem do arroz, os restos de
chá
preto, borra do café - tudo isso funciona como um excelente adubo. Da
mesma
maneira, as cascas de batata e de cenoura podem ser colocadas
diretamente
nos vasos para ajudar o desenvolvimento das plantas.

* Pesticida natural: Ferver folhas de ruibarbo, durante meia hora, em
quatro litros de água. Acrescentar uma colher de chá de sabão de
coco, para
a mistura aderir às folhas e expulsar os pulgões.

* Tira ruído : Se a porta estiver rangendo, faça uma mistura de raspa
de
grafite (ponta de lápis) e algumas gotas de óleo de cozinha. Coloque
aos
poucos nas dobradiças, fazendo um movimento de abrir e fechar a
porta, para
que a mistura penetre bem nas dobradiças.

* Tira manchas: Manchas de gordura são retiradas com uma mistura de
água
quente com sabão e umas gotas de detergente (de preferência,
biodegradável).
Lavar e, se restar algum vestígio, polvilhar talco e deixar por
algumas
horas; esfregar um pedaço de cebola também resolve. Manchas de frutas
e
doces desaparecem com álcool ou vinagre branco, e manchas de tinta de
escrever devem ser lavadas com leite. Na falta do leite, também pode
ser
usado um punhado de sal umedecido com limão e colocado sobre a
mancha,
lavando-se em seguida. Mancha de café desaparece esfregando
imediatamente, e
com paciência, uma pedrinha de gelo até que a mancha suma.

* Espantar moscas e mosquitos: Folhas de louro, eucalipto e
manjericão,
maceradas em água ou espalhadas pelo ambiente.

* Evitar traças: Usar cânfora, em vez de naftalina. É tão eficiente e
menos
tóxica.

* Afastar pulgas: Lavar os animais de estimação com água e sabonete
(de
preferência, feito com óleo de neem, que possui uma ação repelente
sem ser
tóxica). Enxugar. Aplicar a seguinte solução para manter as pulgas à
distância: 2 colheres de sopa de alecrim fervidas em um litro de
água.
Espalhar também pela casa folhas de erva-de-Santa-Maria e poejo.

* Afastar os parasitas das plantas: Colocar no liquidificador 3
cebolas, 1
cabeça de alho, 2 pimentas-malagueta e 1 colher de sabão em barra.
Bater com
meio litro de água e espalhar esta mistura nas plantas. Pode-se
também
colocar alguns dentes de alho em um pouco de água (se possível, de
chuva) e
deixar impregnar por cerca de dez dias. Usar, então, em um spray,
para
pulverizar as plantas.


* Pasta de limpeza: Em vez de desperdiçar os restos de sabão (de
preferência, biodegradável), reaproveite-os em uma excelente pasta de
limpeza. Basta deixar os restos de sabão de molho em um pouco de água
(o
necessário para formar uma pasta) e, depois, misturar uma colher de
vinagre
e duas colheres de açúcar. Está pronta sua pasta de limpeza!

* Tira umidade: Coloque um recipiente com pedaços de carvão no
fundo dos
armários, ou então pendure pedaços de giz. Sempre com o cuidado de
não sujar
as roupas."

Escrito por olhasooqueeufiz às 22:24:26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Histórico